A incerteza de um amor proibido…



  

Hoje, amanhã talvez…

Porque o tempo nos afasta?
Porque só tenho de você
lembranças do que não tive?
Porque tudo é tão incerto?
Porque o destino não faz nossas
vidas se traçarem na eternidade?
Porque viver na saudade, nas lembranças
num olhar sem volta?
Num beijo sem futuro
Porque você não pode ser meu, sem receio
sem ninguém interferir?
Porque nossos caminhos se afastam sempre?
Porque ser só amigos apenas?
Porque só nos encontramos sempre em olhares
rápidos com medo de alguém ver?
Porque tem que ser assim… nosso amor tão
mal entendido?
Porque se temos uma esperança mal vivida
e tão sonhada?
Porque você não assume que também gosta de mim?
Porque esconder este sentimento?
Porque esperar amanhã para resolver este caso
mal resolvido?
Porque você não toma nenhuma atitude
Só me resta esperar que você um dia se decida
ou o tempo decida por nós…
Hoje, amanhã, talvez…





(Cristiane Souza Gomes)



2 comentários em “A incerteza de um amor proibido…

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *