Meu sentimento… Sonhos, angustias no silêncio…



  

A noite chega e começa os meus sonhos
as angustias se revelam no silêncio
invade as almas
penso na minha existência
em quem sou…

Meu coração palpita
igual a uma criança
ativa e ingênua
as injustiças me revoltam
e a solidariedade me tranquiliza

Tento pensar em tudo
o que houve entre nós
na tua boca perdida na minha
nas tuas promessas de amor
É inútil a escuridão
passa diante dos meus olhos
e adormeço…

Na noite chuvosa acordo
assustada e me sentindo desprotegida
ando pelo corredores da casa
e sinto falta de tudo… de ti

Desesperada saio na chuva fina
procurando um pouco de você
corro e finalmente cansada caio
sobre a relva molhada e choro





Grito o teu nome… é inútil
parece que existe
apenas você dentro de mim

De manhã escuto os pássaros cantando
os raios solares batem sobre a minha janela
e acordo…
paro, penso e noto
que já é um novo dia

Vou escovar os dentes
e sem seguida me dispo
deixo a água percorrer o meu corpo
e inflingir a minha alma

Depois de todo este tormento
sinto a necessidade
de exprimir os meus sentimentos
mas se torna impossível
uma onde de insegurança me invade
só uma palavra consigo escrever:
EU AMO VOCÊ…

(Cristiane Souza Gomes)



Compartilhar:

2 comentários em “Meu sentimento… Sonhos, angustias no silêncio…

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *