A história do João Ninguém




João Ninguém vivia sempre assim
A procura de alguém
E saia por ai
Andava pelas ruas
pelas esquinas

Sozinho procurando alguém
João Ninguém
Queria amar
Como qualquer outra pessoa


Mesmo sendo um nada
Sonhava em ser tudo
com Alguém

Queria ter um motivo
Não queria mais caminhar sozinho
Queria sonhar com Alguém
Não queria mais ser Ninguém

Queria ser feliz
Queria tantas coisas
Sonhava tanto
Voava tão alto
que às vezes
tinha medo de cair


Pois sonhava
e vivia de sonhos
sonhos que faziam
ter um sentido a sua vida

João Ninguém sonhava
em ser Alguém
com Alguém ao seu lado

João Ninguém
Esperou tanto
Mas este Alguém nunca chegava

Mas João Ninguém
não perdia as esperanças
Quem espera sempre alcança
Alguém ou alguma coisa

(Cristiane Souza Gomes)

Compartilhar:


Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *