Só queria te ver novamente
Esta saudade me atormenta
E-mail´s já não adiantam mais
Quero olhar para você

Quero ouvir a tua voz
Tocar você, beijar você
Dizer que eu sinto a tua falta
Que não consigo mais viver assim

Eu queria ter você perto de mim
Estar cada segundo ao seu lado
Dar e receber um beijo apaixonado
Sentir o seu corpo suado
Estar na sua imaginação
como um sonho dourado

Queria poder acordar do teu lado
Dormir contigo, nós dois abraçados
Queria te dizer bom dia amor, dormiu bem?
Queria te trazer café da manhã na cama
e a gente se amar pela manhã
Curtir o domingo
Curtir a vida contigo

Queria ter você perto de mim
Ter você do meu lado
Te chamar de namorado
Só queria…Você pra mim…

(Cristiane Souza Gomes)


Se não gosta de mim
Eu não desejo piedade
Antes morrer de saudades
que viver assim

Nunca mais fale comigo
Nunca mais me telefone
Se não quer ser nem meu amigo
É melhor que me abandone

Se de bom nada lhe dei
Se de bom nada lhe fiz
Foi você que mais amei
Foi você que mais me fez feliz

Da imensa felicidade
A tristeza sem fim
Guardarei esta saudade
De tudo que um dia você foi pra mim…

(Cristiane Souza Gomes)


Quando te vi novamente aqui
não pude resistir por isso voltei
Voltei para relembrar os velhos tempos
Momentos de alegria e de tristeza
Tristeza de ver você partir
e alegria de te reencontrar
Reencontrá-lo depois de tanto tempo
Tanto tempo triste e sozinha
Sozinha pois mais ninguém encontrei
porque só você me faz feliz
Feliz porque você me compreendia
E me amava intensamente
Mas, de repente algo aconteceu
Você foi embora sem me avisar
E agora estou aqui
Nesse lugar de tantas lembranças
Para escrever estas linhas
E se você por acaso
passar por aqui de novo
certamente se lembrará de mim!

(Cristiane Souza Gomes)


Ontem, o passado na lembrança
algo que apenas aos poucos deixou de existir
Ontem, lembranças e mais lembranças
do que já se passou e o que nem chegou a passar
Ontem, sonhos idos embora
como ondas, num tempo que passa…
Ontem, maneiras de recordar
provas que ainda não deixou de amar
Ontem, marcas na lembrança
recordações, folhas amarelando
Ontem, deixa muitas pegadas no caminho
lágrimas caídas, rastros não apagados
Ontem, alegrias vividas, sonhos já sonhados
Ontem, lacrado nas paredes da memória
no museu da consciência
Ontem, o passado na lembrança
o tempo que nunca apaga
Ontem, provas que a vida passa
e passamos por ela
Ontem, basta apenas querer recordar
para vivermos novamente, na saudade…

(Cristiane Souza Gomes)


Tentei e tento te esquecer…
mas não consigo
Tentei e tento te esquecer…
mas quando estou contigo
vejo novamente este sorriso de criança
a criança que quer amar e ser amado
Tentei e tento te esquecer…
mas logo que me vejo longe de ti
começo a chorar em vão
Tentei e tento te esquecer…
mas nas noites de chuva
em que fico na janela
imagino nós dois feitos loucos
correndo na grama molhada
Tentei e tento te esquecer…
e acho que vou tentar
por muito tempo sem conseguir
porque a vida é amar
e só vivo porque te amo!

(Cristiane Souza Gomes)


A noite chega e começa os meus sonhos
as angustias se revelam no silêncio
invade as almas
penso na minha existência
em quem sou…

Meu coração palpita
igual a uma criança
ativa e ingênua
as injustiças me revoltam
e a solidariedade me tranquiliza

Tento pensar em tudo
o que houve entre nós
na tua boca perdida na minha
nas tuas promessas de amor
É inútil a escuridão
passa diante dos meus olhos
e adormeço…

Na noite chuvosa acordo
assustada e me sentindo desprotegida
ando pelo corredores da casa
e sinto falta de tudo… de ti

Desesperada saio na chuva fina
procurando um pouco de você
corro e finalmente cansada caio
sobre a relva molhada e choro

Grito o teu nome… é inútil
parece que existe
apenas você dentro de mim

De manhã escuto os pássaros cantando
os raios solares batem sobre a minha janela
e acordo…
paro, penso e noto
que já é um novo dia

Vou escovar os dentes
e sem seguida me dispo
deixo a água percorrer o meu corpo
e inflingir a minha alma

Depois de todo este tormento
sinto a necessidade
de exprimir os meus sentimentos
mas se torna impossível
uma onde de insegurança me invade
só uma palavra consigo escrever:
EU AMO VOCÊ…

(Cristiane Souza Gomes)


Nós nos conhecemos, sorrimos
nos aproximamos
Foi romantismos, cores, poesias
flores e amores
Beijos, abraços e carícias
Te amei e você me amou?
Não sei…
Passos que passaram
palavras que ficaram
Foi riso e alegria que agora
me angustiam
Sonhos, realidades e fantasias

Volto a passear sozinha
pelos mesmos lugares
Mas não são mais os mesmos
Você não está aqui
Será que te perdi?

Procurei a tua mão
E não mais te encontrei
Ainda me quer? Não?
Foi sonho e ilusão
E eu? Amei em vão?

(Cristiane Souza Gomes)


Hoje achei que tinha ouvido
a tua voz
E quando eu me virei
para dizer que te amava
Foi aí que compreendi
que era só a minha cabeça

E cada vez que o telefone toca
Peço a Deus que seja você
Eu sinto a sua falta
Nã há outra maneira de falar isso
E eu não posso negar

Tenho que reunir os meus sentimentos
novamente…
É tão fácil de ver que você
ainda faz parte de mim
E agora vivo assim perdida
Querendo me achar
Novamente em seus braços

Fico imaginando nós dois juntos
novamente…
Mas fico triste ao cair na realidade
não é mais assim…
Talvez tenha sido um sonho
Um sonho lindo
Em que um dia
No livro da minha vida
Voce foi uma página
Que marcou a minha história

(Cristiane Souza Gomes)


O sol existe…
Mesmo que pareça tão longe
Mesmo que pareça o dia tão escuro
Mesmo que as nuvens o encubram
O sol existe…
Devemos procurar
Mesmo que nos pareça difícil
Mesmo que não consigamos enxergar
Mesmo que as dificuldades tomem
conta das nossas vidas
Mesmo que pareça não haver solução
O sol existe…
E irá brilhar para você um dia
Mesmo que demore um pouco
Mesmo que você feche a janela
e se tranque no seu quarto a chorar
O sol continua a brilhar
e a embelezar a Terra
Não devemos nos preocupar
com as incertezas da vida
Sabemos que existem muitas trovoadas
Mas um dia o sol aparece
Um dia você sorrirá e dirã:
Que lindo dia!
Mesmo que ninguém perceba
Mesmo que você não perceba
O sol brilha para você
A vida está torcendo por você
É só não importar
com as tempestades da vida
ela não vai te derrubar
Se quiser chorar, chore
Se quiser amar, ame
Mas deixe o sol brilhar
acredite no amanhã
sempre existe uma esperança
pra tudo existe um caminho
mesmo que a sua caminhada
seja difícil mais tortuosa
mesmo que tenha muitas pedras
Mesmo que no seu caminho tenha
muitas nuvens negras e tudo esteja
nublado, encoberto
mesmo que você não evja mais o sol
na sua vida
Tenha certeza que ele existe
um dia você o encontrará
e viverá toda a alegria do momento
E dirá para si mesmo
Valeu a pena esperar
O sol existe
A felicidade existe…

(Cristiane Souza Gomes)


Sim, saudade
de tempos que passaram
de coisas que se foram
dos momentos que jamais
voltarão a existir
novamente…

Saudade
Das horas tristes e alegres
Dos risos, das brincadeiras
Do seu sorriso sincero
Do seu olhar sem maldade
Do carinho, da nossa cumplicidade

Saudade
É uma palavra que explica tudo
Sem compreender direito este aperto
no peito que sentimos
não mais que isso, apenas saudade…

Saudade
É sentir vontade de fazer o tempo voltar
É sentir o desejo de voltar aqueles tempos
voltar a sentir o mesmo sentimento

Saudade
É relembrar o passado
É rir sozinha revendo fotos
É se entregar na imaginação
É reviver os mesmos caminhos
que um dia juntos passamos

Saudade
De repente uma lágrima desliza em meu rosto
Só a saudade e eu
perdida nos meus pensamentos
querendo ficar só
para voltar no tempo e simplesmente
recordar…

(Cristiane Souza Gomes)


Gaveta da Saudade…

No armário da minha vida
Guardei a tua lembrança numa gaveta
Hoje abri, estavas lá…
lá estavas, quietinho
sorrindo o teu sorriso puro
tinhas no olhar
O mesmo desejo de amor e paz

Tua imagem nítida
e teus olhos ternos cheios de luz
senti que não queria te esquecer
então resolvi aprisionar-te
onde só eu abrisse

A fim de quando quisera
Recordar todos os sonhos
que um dia tive
no armário

E assim guardei tua lembrança
numa gaveta
na gaveta da saudade
Hoje abri
e estavas lá…

(Cristiane Souza Gomes)





CONTINUE NAVEGANDO: